segunda-feira, 23 de abril de 2012

Participei do Construindo um Sonho do SBT - Parte 9 - O Momento e a Decepção da Entrega.


A pedidos, vou escrever como foi a entrega da casa.
Pois então, como falei no post anterior, já estávamos cansadas, estressadas, eu principalmente estava muito brava, irritada, minha mãe estava uma pilha de nervos de preocupação com os cães (gente, se nós não tivéssemos levado os cães conosco, era capaz de quando voltássemos não ter mais os cães...) eles queriam que alguém da vizinhança que ficasse com os cães por R$10,00 por dia, negaram aos cachorros uma hospedagem em locais apropriados por causa do valor... Mas nós insistimos tanto a ponto de nos recusarmos de sair da cidade sem eles, foi a nossa sorte.
Bem mas, na hora da entrega só a minha avó "parecia" estar mais calma, não falava nada, não dizia uma palavra sequer, ficou na Van o tempo todo só observando as coisas. Quando chegamos na rua de casa, a rua estava toda tomada de pessoas, muita gente e o tempo fechou mesmo, a Van parou um pouco antes da nossa casa para desembarcar os cachorros que ficaram com uma produtora que nos prometeu levá-los para casa da vizinha e lá eles ficaram em segurança, pois a rua era só gente pra todos os lados. Eu esticava o pescoço para todos os lados procurando por meu noivo no meio da multidão, eu não queria ver a casa coisa nenhuma eu queria era ver meu noivo, foram 19 dias de isolamento absoluto, eu estava com muitas saudades dele, mas não achei a princípio, minha mãe só olhava para a casa da vizinha para ver se os cães estavam mesmo lá e quando descemos da Van foi aquela gritaria, gente que eu nunca vi na vida gritando meu nome, o Celso Portiolli ali na nossa frente, um frio dos caramba, eu de vestidinho, congelando e o Celso me perguntou se eu lembrava de como era a casa, a faxada da casa essas coisas. Quando comecei a responder começou a chover mesmo, daí eles começaram a contagem regressiva, mais rápida que o normal e abriram as cortinas para mostrar a casa.
Mas nem deu tempo de olhar direito e ter alguma reação, chovia bem e para não nos molhar inteiras a produção interrompeu a gravação e nos colocaram dentro da casa, no jardim de inverno na entrada. Ali não pudemos entrar mesmo na casa, mas já deu para ver a sala, e ficamos esperando a chuva passar junto com o Celso. Nisso eu aproveitei a ocasião porque ele me perguntou o que eu havia achado da casa, se eu tinha gostado porque eu estava parecendo triste ou que não tinha gostado. Então eu falei pra ele que eu estava brava mesmo, porque a Paula da produção tinha gritado com a gente na pousada, que tinha sido grossa e como que eu ia aparecer sorridente com alguém maltratando a gente?
Ele chamou o "Goiabinha" (Walter) produtor e perguntou pra ele assim:
- Goiabinha, quem é Paula?
Daí o Goiabinha respondeu: é uma moça da equipe, porque? 
Celso: Manda embora! agora eu sei porque os participantes chegam tristes e desanimados na hora da entrega da casa, essa tal Paula fica maltratando os participantes, manda embora!
Pra vocês verem, nem o Celso Portiolli conhece o pessoal da equipe dele, mas nessa hora eu senti firmeza nele. Nisso a chuva passou e nós voltamos lá pra rua para gravar tudo de novo... Nós saindo da Van, o Celso fazendo as perguntas de como era a casinha antiga e a contagem regressiva e se abriram as cortinas e nós tínhamos que fazer cara de surpresa!!!! óóó.... a Casa era muito, mas muito diferente da nossa por fora, era muito grande, com um telhadão, e eu de cara reparei nas grades da casa, no lugar de muro eles colocam grades né, para casa aparecer mais, mas as grades eram super largas, os cachorros passariam por ali tranquilamente, iam fugir com certeza, foi o a primeira coisa que passou na minha cabeça. Parece incrível né gente, mas dá tempo de pensar nesses detalhes, e a minha reação foi de preocupação, espanto, surpresa mesmo! Daí sim fomos levadas para dentro da casa, é tudo muito rápido, mas feito por partes.
1º entramos no tal Jardim de Inverno, primeiro entra o cameraman, e vai nos filmando, o Celso faz as perguntas de praxe, se nos lembrávamos de como era antes e bla, bla bla, mas se não ficarem boas as respostas ou a nossa cara de alegria tem que filmar de novo.
Quando entramos na sala, putz que decepção, ele colocaram um piso de carpete de madeira BRANCO!!!! na casa inteirinha... numa casa com quintal de grama e terra, onde tem cachorros que são acostumados dentro de casa!!!! ninguém pensou nisso não? eu pensei na hora! bati o olho e pensei: putz vai dar um trabalho filha da p... pra limpar isso aqui todo dia; mas tudo bem vamos lá, ele mostrou o sistema de ascender e apagar a luz com controle remoto que teve de ser gravado umas 10 vezes até funcionar porque estava com mal contato, daí o Celso reclamou que atava difícil continuar a agravação daquele jeito... E lá fomos para o banheiro que era ridículo, minusculo, sem espaço e sem um armarinho para guardar nada, não vi nem um lugar para pendurar as toalhas, nada na casa é funcional, a arquiteta ou arquiteto não pensou em absolutamente nada para ser usado, só para ser bonito, o box do banheiro não tinha um piso adequado antiderrapante para quando molhar não escorregar, nem um suporte de apoio para segurar, tendo em vista que uma idosa de 79anos deficiente física iria utilizá-lo... nada foi adaptada para ela , nada! sem falar que quando o Celso foi fazer a propagando da tampa do vaso sanitário que abre e fecha vagarosamente ele abriu a tampa do vaso e tinha um "mijão" bem amarelo lá no vaso, daí ele xingou de novo! chamou o produtor, não me lembro se foi o Goiabinha ou o Melo e disse que não ia mais gravar, o que era aquilo? onde já se viu? e quando foram dar a descarga, não funcionou porque o registro estava fechado, mas tinha um motivo para estar fechado.... depois eu conto, só sei que trouxeram um balde com água e jogaram no vaso para fazer a filmagem de novo, e nós com aquele sorriso amarelo...
Sinceramente gente, até hoje, mais de 1 ano depois eu não tive coragem de ver a filmagem, tenho DVD aqui, mas nunca quis ver, e eu não me lembro exatamente qual quarto vimos primeiro, mas minha avó estava tentando quebrar aquele clima chato que pairava no ar brincando muito com o Celso, ela percebeu o nosso sentimento (meu e de minha mãe), minha avó estava com muita dor, ela não conseguia falar direito, por causa da dentadura que ela estava usando na entrega, mas mesmo assim ela brincava, ela reclamava para mim no meu ouvido que sentia gosto de sangue na boca (era da gengiva que estava machucada), e por último fomo para cozinha, bonita, mas só bonita, porque nada ali era funcional, os armários foram colocados numa altura que nem eu, nem minha avó alcançávamos para abrir as portas, o fogão estava lá só de enfeite, pois não tinha mangueira, não tinha botijão, não tinha nada! os armários pareciam recheados de coisas, mas só "parecia". Vocês não vão acreditar, mas eles colam com durex as coisas da Zaelli nas portas dos armários, para dar a impressão que ele está cheio, mas no fundo, dentro dos armários mesmo, estava tudo vazio, e a propagando de 1 ano de cesta básica de graça de presente só serviria se nós comêssemos 12 pacotes de sagu e 4 de feijão, com uns 10 sacos de farofa pronta e 2 pacotes de arroz, Tinha lá uns dois vidros de azeitona, um de azeite, um de óleo e mais nada!
Saindo da cozinha eles foram nos levar para a lavanderia. Para quem acompanha a saga, vão se lembrar que eu contei que eles prometeram que não iam mexer na edícula da minha mãe que já estava pronta, inclusive com armários embutidos, fofão geladeira, tudo, prontinha para morar com tudo novinho.... pois é, eles não cumpriram com a palavra, eles só não demoliram a edícula, mas acabaram com ela! tirara todas as coisas de minha mãe, colocaram uns armários pretos e uma máquina de lavar e mostraram como lavanderia! tiveram a capacidade de tirar as grades, as venezianas do quarto e trocar por vitros quebrados, que não fechavam e pintaram tudo porcamente de branco, tudo que estava envernizado, do nosso gosto, com nosso sacrifício eles estragaram! o banheiro e o quarto eles nem colocaram no ar, pois os funcionários usaram a edicula e quebraram o box, o gabinete da pia do banheiro, riscaram o piso todo da edícula, subiram no forro e roubaram tudo que havia lá em cima, ferramentas, caixas de sobras de pisos e revestimentos que minha mãe tinha comprado em ponta de estoque e comprou uma caixa a mais de cada um para ter de reserva, roubaram tudo! as janelas não fechavam, as portas estavam inchadas pois a tinta usada não era para madeira... um terror! daí não deu mais para fazer cara de alegre. Me desesperei, vi a tristeza no rosto de minha mãe, e pensei comigo: o que eu fui fazer... eu destruí o sonho da minha mãe.
Como era natal por último foi filmado conosco uma ceia de Natal, tudo frio, e tínhamos que comer e fazer cara de gostoso.
Fomos então lá para fora novamente para participar da prova do carro, e graças a Deus que minha mãe conseguiu girar a chave certa de ganhamos o carro quando faltava 7 segundos para o final do tempo. O carro foi nossa salvação para os gastos com a casa que estavam por vir....
O carro não fica com a gente não viu, aquele carro que aparece na filmagem, é só para filmagem mesmo, o carro que ganhamos só chega 90 dias depois.
Depois que ganhamos o carro soltaram fogos, vi meu noivo com meu tio e meu primo que estavam na frente da casa e pudemos então nos abraçar, para mim aquele foi o momento mais gostoso de todos. o Celso desaparece, sem nem se despedir, os produtores nos falam para não deixar ninguém entrar na casa, a não ser os parentes, e somem, simplesmente somem depois da prova do carro.
Ficamos lá ao Deus dará, sem nossas coisas, porque os itens que tem dentro da casa não dá para morar, precisávamos de nossas roupas, nossos pertences, tudo lá é só para mostrar na TV, e não tínhamos dinheiro, gás, roupas, nada! pegamos os cachorros na vizinha que nos emprestou uns panos de chão para limpar os pés, uma garrafa de café pq não tinha como fazer uns baldes, um rodo, pois as coisas funcionais, nada tinha; eu e meu noivo fomos fazer uma sopa e pagar umas roupas na casa de minha tia Cida. Os cachorros presos dentro da casa, sem poder sair, pois eles iam fugir, barro pra todo lado, uma chuva e um frio....
Mas essa cena que vou descrever agora é a que mais me comove, eu entrei na edícula, toda vazia, minha mãe sentada no chão da sala, chorando, dizendo que ela pensou que eles não iam mexer na edícula, no canto dela.... um choro tão sentido, tão profundo que me fez doer na alma ter escrito a carta, foi então que eu comecei a chorar, e a vó falava assim pra mim, não chora filhinha, agente só tem que fazer uma nova história pra essa casa tb, assim a gente vai aprender a gostar dela.
Isso, eu carrego até hoje, o remorso, o arrependimento, tudo que passamos e perdemos, pois eles não devolveram nossas coisas, nos ameaçaram, e nada paga uma história de vida num lugar onde crescemos, e vivemos uma vida inteira.
Fomos roubadas, enganadas, amaçadas e prejudicadas de todas as formas, principalmente emocionalmente e financeiramente, mas isso eu conto no próximo post. Ah! a casa é uma bosta, só é bonita pq aparece na TV, mas tudo e mal feito, e isso eu tb conto no próximo post, mostro até as fotos!
Abraços!

segunda-feira, 5 de março de 2012

Participei do Construindo um Sonho do SBT - Parte 8 - A Viagem de Volta

Oi gente! Vou continuar a saga do SBT.
Ainda sobre a hospedagem no Hotel Fazenda, alguns dias antes de virmos embora, numa de nossas saídas para passear com os cachorros, num domingo a noite,  um bicho pessonhento (não sabemos se era aranha, escorpião, ou outro bicho que desconhecemos) picou a pata do Nick, que começou a ter imediatamente uma coceira insuportável, chorar de tanto se coçar e logo após convulsões. Todas nós entramos em pânico, nosso bichinho ia morrer! minha mãe não pensou duas vezes, "mandou" mandou mesmo, que a recepcionista noturna ligasse para o funcionário da dona do Hotel, um senhor motorista e faz tudo, pedindo que ele viesse imediantamente bucar a gente para levar o Nick para o veterinário, mas... lembrando que era um domingo a noite! muito tarde, ja passava das 22:30 e lá em Itatiba não havia veterinário de plantão, só em Jundiaí - SP a cidade vizinha mais próxima, nós ligamos antes e o veterinário ja ficou a nossa espera. A viagem parecia não ter fim, e o Nick passando mal, mas quando chegamos ele foi prontamente medicado, o Dr. disse que ele poderia ter morrido se tivéssemos demorado um pouco mais e lá se foram R$300,00 que minha mãe pagou no cartão de crédito em consulta e medicamentos, mas felizmente ele ficou bom. Voltamos e minha avó estava aflita esperando por notícias.
Ninguém do SBT perguntou do nosso cãozinho, mesmo sabendo do acontecido e nem tocaram no assunto do valor que gastamos com isso, mas tudo bem, os cães não era de responsabilidade deles mesmo e eles deixaram isso bem claro desde o momento em que insistimos para levá-los conosco (nossa sorte, pois era capaz de voltar e não ter mais cães).
Dois dias antes de nos anúnciar que íamos embora, a produção do SBT ligou nos avisando que os cães iam tomar banho, tosa não (ia ficar caro de mais), era apenas banho, e lá foi minha mãe junto, pois o Nick é muito velhinho e estressado, além do mais tinha acabado de passar por aquele trauma de ser picado pelo bicho. Lá foram eles. Voltaram perfumados.
Como sabíamos que nosso confinamemto estava perto do fim, as horas pareciam não passar.
Um belo dia, recebemos mais uma ligação da produção do SBT, dizendo que era nossa último dia lá, era para acordarmos as 3 horas da manhã, pois as 5 horas uma Van ia passar paa nos buscar.
Arrumamos as malas! que momento maravilhoso! em fim íamos voltar para casa!, estávamos muito ansiosas, porque todo aquele sofrimento seria recompensado com a casa...(mera ilusão...).
Nem dormimos! A Van trouxe um profissional para arrumar nossos cabelos e fazer maquiagem (que chic!). A primeira a se arrumar foi minha avó, a segunda fui eu, e quando chegou a vez de minha mãe acabou a energia elétrica do Hotel Fazenda..., o secador não funcionava, era madrugada, não se enxergava um palmo diante do nariz, e não tinha como fazer maquiagem também... O gerador do Hotel não funcionava e o jeito foi apenas prender o cabelo dela com aquelas presilhinhas "tic-tac" e para maquiagem a van ligou o farol dentro da recepção do Hotel e lá mais ou menos o maquiador conseguiu fazer uma maquiagem bem simples e rápida. Isso tudo atrasou nossa saída do Hotel, e lá fomos nós!
Aquela estrada de volta parecia tão longa, ai que demora... que sofreguidão, que vontade de chegar logo. Paramos apenas 1 vez no "Frango Assado" que fica na Carvalho Pinto, lá fizemos um lanche, pago por nós, os cães tomaram água, se aliviaram e voltamos para a estrada.
Chegando em Campos paramos no Portal por muito tempo, era para esperarmos alguém dizer que pederíamos ir para outro lugar... Eu tive vontade de ir ao banheiro, estava muito apertada, então o Motorista do SBT me acompanhou até a Padaria mais próxima para que eu utilizasse o WC. Ao sair tive de esperar o motorista que estava tomando um cafezinho e ao pagar, ele pediu a caixa que  tirasse uma nota fiscal nun valor exato que ele tirou do bolso e estava anotado num papelzinho. A moça do caixa fez o que ele pediu, mas que coisa de louco.. justificar o valor que ele gastou com uma nota fiscal falsa.... Até os motoristas do SBT fraudam as coisas que dirá a produção né...
Quando o motorisa recebeu a ligação que autorizava que prosseguissemos, fomos levadas para a Pousada da Senhora Prefeita, onde ficamos mais um bom tempo, e o profissional de maquiagem e cabelo que nos acompanhou a viagem toda estava retocando os penteados e a maquiagem. Por esse motivo, quando uma moça chamada Paula que trabalha na produção nos chamou pela primeira vez para irmos para a entrega, o maquiador estava terminando de fazer a maquiagem em minha mãe, pois devido ao problema da luz no Hotel ela não estava devidamente maquiada, a Paula chamou pela segunda vez e estava bem alterada, quando nos viu descendo as escadas começou a berrar conosco, nos mandando correr, perguntando porque estavámos demorando tanto e desobedecendo ao chamado... Gritando com minha vó para andar logo! AH!!!! pra que... 
Fiquei puta! ja estava de saco cheio com aquela gente e ela ainda vem gritar com a minnha avó!!!, eu gritei com ela também! "Pára de gritar com a gente! o que voce quer? que minha avó de 79 anos desca correndo? ou rolando? Vá gritar com outras pessoas porque nós não somos obrigadas a ouvir isso de voce não!"
Aí ela baixou a guarda e ficou mansa... pediu desculpas, justificou dizendo que ja estávamos atrasadas, porque ia chover e bla, bla, bla.
Fui para a entrega com a cara bem feia, na verdade todas nós fomos, e para piorar o motorista da Van da Zaeli, ele só aparece nas filmagens, não foi com ele que viajamos, nem na Van da Zaeli, ele é grosso, mal educado e não queria ficar com os cachorros na Van para que pudéssemos participar da entrega, queria soltar o cães na rua ou deixar com alguém, mas na Van não podia ficar... então por conta disso, não saímos da Van até alguém da produção se responsabilizar pelos cães (atrasou ainda mais).
Então havia chegado o grande momento.... para o próximo post...
Abraços.
Mell.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

BBB 12, Falsa Grávida e Luiza do Canadá.... absurdo!


Estimados amigos e amigas, voltei! me perdoem aqueles que acompanham meu blog, mas fiquei sem escrever dessa vez por um longo período de tempo, devido ao sobrecarregado trabalho de final de ano letivo lá na escola. Depois vieram as festas e minhas férias de janeiro. Confesso que não tive muito assunto para escrever também.
MAS... ESTOU DE VOLTA e o que me motivou a voltar foram 3 assuntos em pauta no Brasil atualmente.

1º O suposto "Estúpro" no BBB 12,
2º A Farsa da Falsa Grávida de quadrigêmeas e,
3º A Luiza no Canadá.

Gente!!! onde vamos parar??? 
Até quando vamos permitir que nos façam de "vacas de presépio"?
Eu fiquei tão indiganada com a Globo, mas tão indignada que escrevi para eles uma ctica:

Terça-feira, 17 de Janeiro de 2012
Assunto: BIG BROTHER BRASIL 12 - CRÍTICA - 17/01/2012

Prezados Senhores boa noite?
Como vamos ter uma boa noite com uma programação de tamanho mau gosto? As novelas só incitam coisas ruins só dão mau exemplo, e, para piorar voces concentem um estúpro ao vivo?
Por que a produção do programa não interviu? Parecem que
gostaram da proporção que as cenas tomaram. Esse pragrama BBB só serve para colocar no ar as bundas das mulheres e desvalorizar todas as noções de moral e ética de toda uma nação.
Que vergonha! na minha casa nunca mais assitirei a esse canal e a quem puder aconselhar a não assitir mais, o farei!
Lamento tamanha desvalorização do ser humano por parte de voces.
Atte.
ADEUS.
E a resposta que me enviaram foi esta:

Melissa,
Respeitamos sua opinião e crítica. Suas considerações serão levadas ao conhecimento da direção do programa.
Segue esclarecimento divulgado hoje pela Rede Globo sobre o assunto:
O delegado Antônio Ricardo Nunes, da 32a DP (Taquara), esteve hoje na Central Globo de Produção para ouvir a estudante Monique Amim e o modelo Daniel Echaniz, que, na madrugada de domingo, protagonizaram cenas de intimidade no BBB 12 e geraram suspeita de abuso sexual. 
Em depoimento oficial à Polícia, no entanto, Monique afirmou que estava consciente e agiu de forma consentida. 
Assim que surgiu a suspeita, a TV Globo iniciou a apuração dos fatos, que num primeiro momento apontavam para uma cena de carícias semelhante à de outras edições.
Após avaliação, a emissora decidiu pelo afastamento de Daniel, até para que ele pudesse prestar esclarecimentos formais à polícia.
De qualquer forma, a produção do programa avalia que o comportamento do participante foi inadequado, o que impede seu retorno à casa.
Cordialmente,
Rede Globo.
Em "O Brado Retumbante", você conhecerá a história de um homem que não se cala diante da corrupção.

Uma desculpinha esfarrapada que ja havia sido falada no ar pelo Bial e repetida no Jornal Nacional e ainda por cima tentam me enfiar goela abaixo um "Brado Retumbante"??? é muita cara de pau!!!
Meu Deus!!!!
Forma consentida? Desde quando uma mulher embriagada ao ponto de não se lembrar o que fez, faz algo consentido??? E quem não deve não teme, se foi consentido porque a modelo não quis realizar o exame de corpo de delito? Vai ficar muito mais feio quando a polícia descobrir por outros meios.
E sinceramente, só há uma forma de conseguirmos acabar com isso, é boicotando o programa, ou até mesmo a emissora! Não assitam mais esse tipo de coisas, não acrescenta nada as nossas vidas e indiretamente quem paga aquela putaria do BBB 12 somos nós!
Emissoras vivem de patricínio de empresas... Empresas vivem de lucros, lucros saem do dinheiro de quem??? NOSSO!!

Mas vamos ao segundo caso a Grávida de Quadrigêmeos de Taubaté-SP.
Que grávida boa hein!!! A barriga gigante de bola de parque de diversões não me convenceu desde o primeiro momento, a barriga pesa para cima! oóó! Impressionante! Ela conseguiu chegar até o 9º mês, não tem peitos de grávida para amamantar 4 crianças, anda confortávelmente e mostra até ultrassom furtado de outra pessoa!!!
É muito atrevimento! A palavra é essa mesma, que mulher atrevida!
Como ela se atreve a tentar nos fazer passar por palhaços? Onde ela queria chegar? Se ela afirmou que estava grávida e que daria a luz esta semana onde ela iria arrumar 4 crianças? Como eles iam aparecer com 4 crainças? Iam sequestrar? Não é de se preocupar?
Quem se sentir enganado ou prejudicado com a história pode e deve representá-la na policia! Assim outras pessoas pensarão duas vezes antes de tentar nos fazer a mesma coisa. E fazem! Pois no Brasil não existe impunidade...
O marido é mais atrevido ainda, ao ponto de ir a policia para lavrar B.O de preservação de direitos poque afirmava que a Veronica estava mesmo grávida.
Quando acho que a crueldade humana  chegou no seu limite, aparece uma gestante de 8 meses de verdade, com uma criança praticamente formada em seu ventre, esperando apenas para nascer, violentamente agredida e morta e para nosso repúdio tem o bebê arrancado de sua barriga e morto também!!!!
E no Brasil a coisa fica assim...não tem leis rigorosas, tentam nos enfiar goela abaixo que drogas agora vão ser um problema de saúde pública e vão arrancar ainda mais do nosso bolso dinheiro para tratar quem faz coisas abomináveis assim!
Saúde pública????
Bom, mas não vou sair do foco: Tomara que essa descarada criminosa de falsa grávida responda pelos crimes que cometeu.

E o mais absurdo caso de enriquecimento fácil (segundo as mídias de comunicação, rádio, TV e internet) que  vi na face da terra, tirando apenas nossos senadores e deputados que enriquecem muito mais rápido e mais fácil nos roubando, claro!
Quem é Luiza? Ainda mais do Canadá?
Criamos uma celebridade, e quantas mais vamos criar? Quem não quer enriquecer? Trabalhamos de sol a sol e estamos satisfeitos com nossos salários?
Carlos Nascimento tem toda razão: “nós  fomos mais inteligentes. E o pior, quem a levou a esse patamar, a ganhar esse dinheirão todo foram os internautas, pessoas que imaginamos ter um pouco mais de noção de absurdo...Depois as emissoras de TV... sem comentários...
Eis o vídeo de apenas 45 segundos que diz tudo:


Se continuar assim vamos nos deixar enganar cada dia mais...  
Quantas instituições sérias que também estão na rede não recebem nenhum centavo de ninguém, que imploram colaboarções e sobrevivem de migalhas, vendo o povo brasileiro enriquecendo uma pessoa tão fútilmente em um picar de olhos...
Abraços
Mell.